Educação para a cidadania

Caio Túlio Costa abriu o Encontro Nacional sobre Transparência e Controle Social, em Belo Horizonte, com a palestra magna “Educação para a Cidadania”.

Nela, discorreu sobre as mudanças na forma de apreensão do conhecimento e de como a nossa escola ainda não está preparada para tanto.

Falou também sobre a revolução nas comunicações, do problema geracional entre os que nasceram num mundo onde as comunicações estão digitalizadas e os mais velhos, que nasceram num mundo 100% analógico.

A palestra de abertura ocorreu na quinta-feira, às 9h da manhã do dia 18/10, e o evento foi de 17 a 19 de outubro de 2012 no auditório Vivaldi Moreira do Tribunal de Contas em Belo Horizonte.

Promovido pelo Tribunal de Contas e pela Escola de Contas de Minas Gerais, o evento teve como objetivo “reunir e compartilhar informações, ferramentas, novas metodologias, além de criar um espaço de discussão sobre a transparência, o controle social, a ética, a democracia e facilitar, por meio das trocas de experiência, a implementação de mais ouvidorias públicas, bem como fomentar ações em nível estadual e municipal para a implementação da lei de acesso à informação”.

O evento teve como público alvo servidores públicos, servidores das ouvidorias públicas, conselheiros e presidentes de tribunais de contas, auditores, procuradores do Ministério Público de Contas, autoridades, sociedade civil organizada, conselhos públicos e cidadãos.

Além de Caio Túlio Costa, houve palestras e mesas de debates com Álvaro Ricardo de Souza Cruz (Procurador da República em MG), José Eduardo Romão (Ouvidor-Geral da União), Jaime Pinsky (professor da Unicamp), Renato Janine Ribeiro (Professor titular de Ética e Filosofia Política na Universidade de São Paulo) e Gustavo Costa Nassif (Diretor da Escola de Contas e Capacitação Professor Pedro Aleixo), entre vários outros palestrantes.

FacebookTwitterGoogle+Compartilhar

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *