Sobre lei, tecnologia e futuro do jornalismo

“Nenhuma Lei, Novas Tecnologias: o Futuro dos Jornalistas e do Jornalismo” foi o tema do debate acontecido sábado, 24 de outubro, das 12h às 14h, na sede do Sindicato dos Jornalistas de São Paulo. O evento compôs parte da programação da entrega dos prêmios Vladimir Herzog de jornalismo.

No encontro, o jornalista e professor Pedro Ortiz mediou a discussão entre os jornalistas Caio Túlio Costa, Rodrigo Savazoni e Igor Ribeiro. Estavam presentes o ministro Paulo Vanucchi, títular da Secretaria Especial de Direitos Humanos, Giancarlo Summa, diretor do Centro de Informação das Nações Unidas e Guto Camargo, presidente do Sindicato -além de platéia composta de jornalistas e estudantes de jornalismo. 

Notícias anteriores ao debate:

Publicado no site do Sindicato dos Jornalistas de São Paulo em 23/10/2009:

No Sindicato, lançamento do portal com os vencedores do Prêmio Vladimir Herzog       

Será lançado oficialmente neste sábado (24/10), às 11h30, no Auditório Vladimir Herzog do Sindicato (Rua Rego Freitas, 530, sobreloja), o portal com o conteúdo dos trabalhos vencedores dos prêmios Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos desde a sua primeira edição, em 1979. O projeto foi elaborado pela Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência da República e pelo Centro de Informação da ONU para o Brasil em parceria com o Instituto Vladimir Herzog e o Sindicato dos Jornalistas no Estado de São Paulo. Na sequência do lançamento haverá um debate sobre as novas tecnologias e o futuro dos jornalistas.

A página vai possibilitar aos internautas, em especial jornalistas e estudantes, o acesso a informações das reportagens premiadas ao longo dos últimos 30 anos de realização do Prêmio. Os trabalhos foram digitalizados e todo o acervo estará disponível para pesquisa. O material poderá ser consultado a partir do dia 24/10, no endereço www.premiovladimirherzog.org.br.

Ivo Herzog explica que o novo portal tem um importante objetivo de preservar o acervo do Prêmio Vladimir Herzog. “Foi feito um trabalho exaustivo de pesquisa e conseguimos os arquivos completos de quase todos os trabalhos. É um registro histórico e uma forma de preservar e democratizar todo o conteúdo já premiado.” Ele acrescenta que ainda faltam 205 reportagens para serem digitalizadas. “São materiais cujos arquivos se perderam. Portanto, pedimos aos premiados que verifiquem o site e nos ajude a completá-lo.”

Debate: Novas tecnologias/Futuro dos Jornalistas

A discussão colocará em pauta uma nova realidade que se apresenta para a área de comunicação. Caio Túlio Costa, Rodrigo Savazoni e Igor Ribeiro participam do debate com o tema: “Nenhuma Lei, Novas Tecnologias: o Futuro dos Jornalistas e do Jornalismo.” É uma questão muito importante colocada para a categoria, já que o STF derrubou a exigência do diploma de Jornalismo para o exercício da profissão. “O objetivo é discutir a nova situação com o público formador de opinião, levantar questões relativas ao setor e mostrar o cotidiano abordando a questão legal e situações, como, por exemplo, em que um telefone celular basta como instrumento de trabalho”, conclui Ivo Herzog.

Serviço:
Lançamento do site Acervo dos Prêmios Vladimir Herzog
Dia – 24 de outubro, às 11h30
Local – Auditório Vladimir Herzog
Rua Rego Freitas 530 – sobreloja – Centro

* * *

Publicado  no site de Camila Rodrigues em 23/10/2009

Começa neste sábado a série de eventos em homenagem ao jornalista Vladimir Herzog

Dia 24 de outubro – sábado – 11h30
Sindicato dos Jornalistas de SP / Espaço Vladimir Herzog
Rua Rego Freitas, 530 – sobreloja – Vila Buarque, São Paulo
• Lançamento Oficial do site Prêmio Vladimir Herzog
• Debate  “Nenhuma Lei, Novas Tecnologias: o Futuro dos Jornalistas e do Jornalismo”
 
A Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República (SEDH/PR) e o Centro de Informação das Nações Unidas para o Brasil (UNIC-Rio) promoveram a digitalização do acervo das matérias que, ao longo de 30 anos, foram agraciadas com o Prêmio Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos. Este material está disponibilizado em site próprio, a ser lançado nesta data. Na ocasião, a OBORÉ tomou a iniciativa de promover debate, no âmbito do Projeto Repórter do Futuro, para discutir a nova situação que se apresenta para os atuais e futuros jornalistas, com a derrubada da lei de imprensa. Os palestrantes convidados são:

Caio Tulio Costa – Jornalista, professor de jornalismo da Faculdade Cásper Líbero, Doutor em Ciências da Comunicação pela USP, consultor de novas midias, ex-presidente do UOL e do IG , 1º ombusdman da Folha de S. Paulo onde trabalhou por 21 anos .
 
Rodrigo Savazoni – Jornalista formado pela Cásper Líbero, webproducer e realizador multimídia. Foi editor especial do estadao.com.br, responsável pelo desenvolvimento do projeto Vereador Digital, da reformulação do site do Link, entre outros. Entre 2004 e 2007 conduziu a reformulação da Agência Brasil da Radiobras como chefe de redação. Idealizou e coordenou a equipe que desenvolveu o especial multimídia “Nação Palmares”,  vencedor no ano passado do Prêmio Vladimir Herzog, na categoria internet.  Atualmente é Diretor da Fli Multimídia, do Laboratório Brasileiro de Cultura Digital e integrante da coordenação do Fórum da Cultura Digital Brasileira.  Professor convidado do curso de pós-graduação de jornalismo multimídia da PUC de São Paulo e integra a equipe do Projeto Repórter do Futuro.
 
Igor Ribeiro – Jornalista com passagens pela Folha de S.Paulo, O Estado de S. Paulo e Escala Educacional, onde editou e coordenou  títulos voltados ao ensino médio e à universidade. Também colaborou com Jornal da Tarde, Veja, IstoÉ, Bizz e Difusão Cultural do Livro. Atualmente é editor-executivo da revista IMPRENSA.
 
Pedro Ortiz ( mediador) – Jornalista, formado pela USP, Diretor-Geral da TV USP e do Canal Universitário de São Paulo, Diretor-Financeiro da Associação Brasileira de Televisão Universitária, Professor de telejornalismo da Faculdade Cásper Líbero, integrante da Coordenação do Projeto Repórter do Futuro e responsável pedagógico do módulo ” Descobrir a Amazônia – Descobrir-se Repórter “.

Dia 25 de outubro – domingo – 18h
Capela Colégio Sion – Av. Higienópolis, 983 – São Paulo
• Concerto VOCEM
 
O último concerto da Série “Cantos de Paz em Tempos de Guerra” será em homenagem a todos os jornalistas, em particular a Vladimir Herzog. Promovido pela Rede Cultural Luther King, o concerto conta com o apoio do Hospital Samaritano, da OBORÉ Projetos Especiais em Comunicações e Artes, do Sindicato dos Jornalistas de São Paulo e da Fundação Padre Anchieta / TV Cultura de São Paulo. Com Coro Luther King. Regência: Maestro Martinho Lutero Galatti. Narração: Heródoto Barbeiro. Solistas: Dênia Campos, Sira Milani e Wagner Dias. Violão: Emiliano Costa. Constam do repertório do concerto obras de G. Fauré, D. Buxtehude, C. Monteverdi, Dori Caymmi,  Nelson Motta, Chico Buarque de Hollanda, Cristóvão Bastos, João Bosco, Aldir Blanc, Edino Krieger, Tradicional Peruano e Negro Spirituals.
 
Dia 26 de outubro – segunda-feira – 19h30
TUCA – Teatro da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Rua Monte Alegre, 1024 – Perdizes, São Paulo
• 31º Prêmio Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos
• 1º Prêmio Jovem Jornalista Fernando Pacheco Jordão
 
Integram a comissão organizadora do Prêmio: Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo; Instituto Vladimir Herzog; Comissão Justiça e Paz da Arquidiocese de São Paulo; Federação Nacional dos Jornalistas; Associação Brasileira de Imprensa; Ordem dos Advogados do Brasil – Seção São Paulo, Fórum Permanente dos Ex-Presos e Perseguidos Políticos do Estado de São Paulo e Ouvidoria das Polícias de São Paulo.

FacebookTwitterGoogle+Compartilhar
, ,

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *